quinta-feira, 23 de abril de 2015

Ressaca Amorosa










Estou plena e coração de ressaca amorosa.
Ontem nos amamos como na primeira vez,
até nos faltou tempo para uma boa prosa.

Toda cura é desejável, mas essa ressaca é sadia,
Dela não pretendo me curar, uma embriaguez
assim sem mágoa, rememoro sem angustia.

Mesmo que demore acontecer um novo reencontro,
será sempre intenso esse amor sem confronto!

 dinapoetisadapaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário